Carregando tradução..
Favoritos
Av. Rondon Pacheco, 2300, L.107, Saraiva, Uberlândia
Multiplica Imóveis Rurais
Siga-nos nas Redes Sociais
Comercial e Celulares Plantão (34)3232-1980
Tim WhatsApp (34)99211-3333
Ctbc (34)99977-1980
Vivo (34)99909-7676
Atendimento online

Últimas notícias

Mato Grosso pode dobrar produção de carne bovina com intensificação
03/06/16

Em sua sexta edição, o Acrimat em Ação 2016 falou da intensificação na produção de carne bovina para os produtores do Estado que tem mais de 24 milhões de hectares de pastagens e um rebanho de mais de 29 milhões de cabeças de gado. O projeto promovido pela Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) foi a campo e reuniu 5,4 mil participantes em palestras sobre a produtividade, eficiência e qualidade genética. Após percorrer os 30 municípios do circuito, de março a maio desse ano, o engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Armindo Kichel, afirma que o estado pode dobrar seus números.  “Só com intensificação é possível aumentar em 50% esse rebanho. Mato grosso está pronto em clima, solo e tecnologia para ser o maior exportador de carne para o mundo. Com eficiência nas práticas pecuárias e qualidade para conquistar vários mercados. Ganha produtor e ganha consumidor”, afirma Kichel. 

A intensificação foi um tema estrategicamente escolhido para o circuito, já que o panorama pecuário realizado em 2015, também durante o projeto, indicou que 37% dos produtores tem investido em reformas de pastagens. O foco foram custos da pecuária de corte, rentabilidade e tecnologias de custo zero – aquelas que precisam apenas de conhecimento e decisão. As práticas destacadas foram – escolha de forrageira; formação de pastagem; bom manejo e colheita eficiente de pastagem; e o descarte de animais de baixa produção. Outro ponto alto da palestra de Kichel foi relação custo x benefício da produção. Segundo o presidente da Acrimat, José João Bernardes, a busca pelo aumento da produtividade deve ser contínua. “Nós levamos informações a campo, para que ela se transforme em conhecimento e desenvolva ainda mais o negócio”, destacou Bernardes.

Para o produtor Antônio Sobral, do Grupo Sobral de Marcelândia, esse cenário já é realidade. Com um total de 6 mil hectares, desde 2013 ele adotou a intensificação gradativa – a cada ano ele reforma de 400 hectares de pastagens e já triplicou a produção nessas áreas. “Colocamos tudo na ponta do lápis. Antes colocávamos 1,5 cabeça por hectare, hoje temos 5 a 6 cabeças por hectare nessas áreas reformadas”, destaca Antônio.

Para o gerente de negócios do Grupo Emal, Wendel Rodrigues, os últimos quatro anos denotam uma mudança no perfil do pecuarista mato-grossense sobre os investimentos nas propriedades. “A correção de solo na pecuária foi um tabu durante anos. Com as novas pesquisas, análises de solo, produtor foi percebendo essa necessidade. A integração Lavoura pecuária também ajudou e desde 2013 esse avanço. Hoje nossa perspectiva é de que 20% dos nossos clientes serem da pecuária, o que em 2012, não chegava a 2%”, destaca Wendel.

Além de conhecimento, o Acrimat em Ação ainda capta demandas específicas regionais, como é o caso da logística. Apesar das melhorias observadas, o Estado ainda necessita de investimentos. Segundo Andelino Rossi, presidente do Sindicato Rural de Nova Bandeirantes, que fica a 1.055 quilômetros de Cuiabá, o gado viaja até 6 horas para chegar ao frigorífico mais próximo e as perdas são consideráveis. “A logística é o carro chefe da perda do lucro. O trajeto da cidade ao abatedouro chega a durar 6 horas, em época de estiagem, e o lucro vai ficando pelo caminho. A perda média é de 3%, chega a uma arroba de peso vivo”, ressaltou Andelino. O superintendente da Acrimat, Francisco de Sales Manzi, que liderou a comitiva, reforça que o trabalho do Acrimat em Ação é crucial no desenvolvimento desses assuntos do setor. “Visitar os municípios, trazer informações e ouvir as demandas de cada região é o grande ganho do Acrimat em Ação. Todo ano relatamos as demandas às autoridades competentes e acompanhamos seu desenrolar. As atitudes e respostas para essas questões da pecuária são resultados dos levantamentos e do posicionamento oficial da Associação”, reforçou ele.

Além de toda estrutura de realização, o Acrimat em Ação ainda traça um panorama estadual da pecuária. Em parceria  com o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) são aplicados questionários estratégicos sobre os temas do setor.   Como resultado dessa pesquisa, no ano passado o Panorama Pecuário de MT, apontou um crescimento de 70% na produtividade arroba/hectare nos últimos 10 anos. Para 2016, mais de dois mil e duzentos formulários de pesquisa foram captados e em outubro, a Acrimat lança seu segundo Panorama.

A Comitiva rodou os 12 mil quilômetros das 4 rotas do trajeto em 5 veículos, com equipe técnica e estratégica da Acrimat, imprensa e os parceiros. Para realizar do programa a Acrimat contou com parceiros que acreditam no programa e apoiam sua realização pelo fortalecimento da pecuária mato-grossense – Senar, Sicredi, Ouro Fino e Toyota – Via Láctea, Orion e Grupo Canopus.

Tags:
 
Fonte: Acrimat





Últimas notícias
 25/04/18 - Novas regras de financiamento aquecem o mercado imobiliário
 19/04/18 - Expositores do Salão Imobiliário de Portugal de 2018 aumentam 27%
 17/04/18 - O que muda no financiamento da Caixa após a queda dos juros
 13/04/18 - Qual o futuro do mercado imobiliário?
 11/04/18 - Caixa vai baixar juros imobiliários em abril, diz novo presidente
 03/04/18 - SP deixa de ser um dos mercados imobiliários mais frios do mundo
 28/03/18 - O comportamento do consumidor e o mercado Imobiliário
 21/03/18 - Posso transferir o financiamento de um imóvel para outra pessoa?
 21/03/18 - Aprenda a fazer um ar-condicionado caseiro
 21/03/18 - A documentação necessária para comprar imóvel com segurança
 21/03/18 - Novo golpe no mercado imobiliário: aprenda a se resguardar
 20/03/18 - A importância da brigada de incêndio em condomínios
 19/03/18 - Como declarar aluguéis no Imposto de Renda 2018
 16/03/18 - Conheça algumas hashtags para o Corretor usar nas redes sociais
 16/03/18 - Após período de recessão, mercado imobiliário se recupera em 2018
 12/03/18 - Preços de venda de imóveis residenciais ficam estáveis
 12/03/18 - Crise brasileira x bolha imobiliária americana: Veja a diferença
 09/03/18 - Mercado dá como certo que taxa básica de juros cairá para 6,5%
 07/03/18 - Por qué contratar um corretor de imóveis?
 07/03/18 - O melhor momento para financiar seu novo imóvel
 07/03/18 - Como calcular o Índice Geral de Preços do Mercado, IGPM?
 02/03/18 - Quando o único imóvel pode ser penhorado?
 02/03/18 - Arquiteto propõe imóveis para todas as fases da vida
 28/02/18 - Quer antecipar a restituição do Imposto de Renda?
 28/02/18 - Saiba como declarar rendimentos em poupança e bitcoin
 28/02/18 - Por que é uma boa hora para comprar
 28/02/18 - Varanda pode facilitar venda ou locação
 27/02/18 - MP-GO entra com recurso para evitar aumento do IPTU, em Goiânia
 27/02/18 - Índice que corrige o aluguel varia 0,07% em fevereiro
 26/02/18 - Mercado imobiliário volta a crescer após encolher por três anos
 14/11/16 - Agricultura, pecuária e extrativismo
 03/06/16 - Arroba do boi pode passar de R$ 170, motivação: falta de animais e aumento do volume de exportações
 03/06/16 - Cepea: Embarques do agronegócio aumentam 44% no primeiro quadrimestre de 2016
 03/06/16 - Mato Grosso pode dobrar produção de carne bovina com intensificação
 03/06/16 - CMN muda regras de título do agronegócio e injeta R$ 21 bilhões no crédito rural
 28/10/15 - Governo lança programa de educação ambiental na agricultura familiar
 28/10/15 - 5 tecnologias brasileiras que transformam o agronegócio
enviando...